Portal Jatobá

Plenário do TSE decidirá se proibição a atos de campanha eleitoral continua em Pernambuco

tse
Foto: (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai decidir nesta terça-feira (3) se vai manter a decisão de proibir os atos presenciais de campanha eleitoral das eleições 2020 que possam gerar aglomerações em Pernambuco. A decisão foi tomada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) na noite da quinta-feira (29).

A decisão será discutido durante uma sessão ás 19h no Tribunal Superior Eleitoral.
O julgamento contará com sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral: Tarcísio Vieira, Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Mauro Campbell, Luís Felipe Salomão, Sérgio Banhos e provavelmente um substituto do presidente da Corte, Luís Roberto Barroso.

A sessão deverá ser presidida por Edson Fachin, vice-presidente do TSE. O substituto de Barroso será Marco Aurélio Mello, Ricardo Lewandowski ou Cármen Lúcia, são ministros substitutos da Corte Eleitoral.

Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco decidiu proibir todos os atos presenciais de campanha eleitoral das eleições 2020 que causem aglomerações. A medida foi tomada por causa da pandemia do coronavírus.

Estão proibidos, em todo o estado de Pernambuco, atos como: comícios; bandeiraços, passeatas, caminhadas, carreatas e similares; e confraternizações ou eventos presenciais, inclusive os de arrecadação de recursos de campanha, ainda que no formato drive-thru.

Com informações do blog de Jamildo

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp