Rastro de contaminação se Bolsonaro testar positivo para covid-19; resultado sai ao meio dia

O presidente Jair Bolsonaro esteve com ministros e outras pessoas em um almoço neste sábado, quando distribuiu abraços e não usou máscara de proteção. Nesta segunda-feira, o presidente disse em entrevista que está com sintomas de Covid-19 e fez novo teste para a doença. O resultado o exame deve ficar pronto nesta terça-feira.

No sábado, quando se comemorou a independência dos Estados Unidos, Bolsonaro, assessores e ministros foram a um almoço na casa do embaixador americano no Brasil, Todd Chapman. O presidente divulgou em uma rede social foto  do evento.

SuspeitaMinistro que se reuniu com Bolsonaro fará exame de nesta terça

Além de Chapman e Bolsonaro, apareceram na foto lado a lado outras seis pessoas, todas sem máscara: Lorenzo Harris, adido de Defesa dos EUA; general Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo; general Fernando Azevedo (Defesa); Ernesto Araújo (Relações Exteriores); general Walter Braga Netto (Casa Civil) e o almirante Flávio Rocha, secretário especial de Assuntos Estratégicos do governo brasileiro.

Em outra foto, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, também aparece no grupo, sem máscara. Na imagem, todos se abraçam. Antes do almoço, o presidente sobrevoou de helicóptero áreas afetadas por um ciclone em Santa Catarina.

Após o voo, o presidente defendeu, em entrevista, o uso da hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus. O mandatário disse que a droga era a “única prevenção no momento”, enquanto a vacina não está disponível, e fez um apelo para que os médicos passem a adotar o protocolo do Ministério da Saúde que ampliou a recomendação de medicamentos à base de cloroquina para pacientes em estágios iniciais da doença.

Na última quinta-feira, na live semanal, o presidente tossiu várias vezes. A tosse é um dos sintomas do novo coronavírus.

Na sexta-feira passada, participou de um jantar com empresários, entre eles o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf. Nas imagens divulgadas, nem o presidente nem os convidados aparecem de máscaras.

Nesta segunda-feira o presidente não teve agenda pública. Um evento ocorreu no Palácio do Planalto sem a sua presença, o que não é usual. A agenda do presidente aponta que ele participou de ao menos seis reuniões com autoridades do governo. Seu último compromisso no fim da tarde foi com o secretário especial de Cultura, Mario Frias.

A assessoria de imprensa da embaixada dos Estados Unidos informou que o embaixador não apresentou nenhum sintoma da Covid-19. No entanto, ele está tomando “precauções necessárias” e será submetido ao teste para coronavírus. Ao fim da nota, a embaixada desejou melhoras a Bolsonaro.

Fonte: O Globo

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

JATOBÁ >

REDES SOCIAIS >