PROCON-PE alerta sobre Telexfree

0

 

O PROCON Pernambuco vem recebendo desde o início do ano, consumidores buscando informações a respeito da legitimidade da empresa Telexfree.

A Telexfree é uma empresa de ligações em VOIP, que promete remunerar quem aceita trabalhar na rede. Os adeptos precisam publicar diariamente alguns anúncios da empresa em sites da internet. No entanto, para entrar no negócio, o cidadão precisa fazer um investimento que varia de US$ 299,00 a US$ 1.375,00. Os ganhos prometidos pela Telexfree aos participantes variam de US$ 20 a US$ 100 por semana.

O PROCON-PE se preocupa em esclarecer a população sobre o grande risco existente (quando um cidadão aceita participar dessa rede), pois trata-se de um negócio baseado na “pirâmide de ponzi”, onde o lucro é condicionado ao envolvimento de novos investidores.

O PROCON-PE esclarece que caso o cidadão que entrou no negócio seja lesado, a denúncia deverá ser feita ao Ministério Público ou à Polícia Federal.

Conheça a pirâmide de Ponzi – A pirâmide tem o nome por conta do imigrante italiano Charles Ponzi, que conseguiu fazer fortuna rapidamente nos Estados Unidos utilizando esse método. Esse sistema financeiro é insustentável e funciona a base de novos investidores. Os primeiros envolvidos investem e conseguem lucrar recrutando outros participantes, porém, quanto maior o alcance da pirâmide, menos sustentável ela fica, pois ela depende dos investimentos posteriores. Sem novos investimentos, a grande parcela dos envolvidos fica no prejuízo.

Outro exemplo de negócio baseado na pirâmide de Ponzi é o esquema “compre tal bem em tantos meses e, se você for sorteado, não paga mais nada”. Para funcionar, esse sistema precisa sempre de novos investidores para substituir as pessoas que vão saindo. Quem não for sorteado enquanto o negócio é um sucesso e atrai investidores, vai ficar no prejuízo quando o plano quebrar.
Redação Portal Jatobá

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here