Menina de 11 anos sofre estupro coletivo durante três horas em Sergipe

0
33oj4p8aqv_8741vzyklm_fileUma menina de 11 anos sofreu um estupro coletivo em São Cristóvão, interior de Sergipe. O caso corre em segredo de Justiça, mas a mãe da vítima conversou com a Record e relatou os momentos de horror vividos pela criança. Veja nas imagens a seguir.

A mãe conta que a menina saiu de casa para estudar e, como estava demorando para retornar, saiu à procura dela. No caminho, a encontrou chorando e muito machucada.

94ppqqdkac_9ie5ggteb9_file

— Eu fiquei até sem reação. Estou chorando aos poucos. Não tenho nem como falar porque o que eu estou sentindo é horrível. É uma situação humilhante. Saber que sua filha foi abusada por três e ouvir a polícia dizer que ainda vai ver o que vai fazer.

Ainda segundo relato da mãe, a menina foi obrigada a fazer relação com um dos estupradores enquanto outro filmava. Depois, eles ameaçaram divulgar as imagens caso ela não fizesse sexo com eles também.

 

— Ela acabou coagida, com medo, com vergonha.  Como é cidade pequena, ia repercutir mesmo. E ela acabou cedendo.
O abuso durou cerca de três horas e deixou a menina com vários ferimentos, como relata a mãe.
— Ela sofreu muito. Fui em eu quem tirou a roupa dela e estava toda manchada de sangue […] Minha mãe dormiu com ela hoje e disse que ela gemeu a noite toda de dor.
Os três suspeitos, menores de idade, já foram identificados pela polícia. O Conselho Tutelar diz que, agora, a preocupação é com a saúde da menina.
1y1kgky5qi_3leode74r5_file
Representante do Conselho Tutelar
— Vamos levar a criança para a maternidade para fazer todos os exames. Como tivemos relatos que não se preveniram, nossa preocupação maior agora é cuidar da saúde da criança.
Fonte: Carlino Souza

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here