Portal Jatobá

Macururé-BA: Sem casos de Covid-19 até quinta (25), festinha junina já deixou 16 infectados, podendo chegar a 40

Até a última quinta-feira, dia 25, Macururé estava entre os 30 municípios da Bahia sem registro de casos da Covid-19. Porém, uma festa junina familiar ocasionou a infecção de 16 pessoas, até o momento. O número pode chegar a 40 , de acordo com informações do prefeito da cidade, Everaldo Carvalho, por meio de uma live nas redes sociais.

“Certamente esse primeiro caso veio depois de uma festa familiar junina que chegaram pessoas de fora do município e que pode ter contaminado cerca de 20, 30 a 40 pessoas. Pode ser uma disseminação em massa. Existem várias outras pessoas, não sei ainda em quantos para testarem.”, disse o gestor.

Segundo informações do portal Formosa, a festa que o prefeito menciona, ocorreu no dia 13 de junho, em uma comunidade da zona rural do município, houve uma confraternização familiar com aproximadamente 40 pessoas, inclusive algumas vindas de outros municípios com histórico de Covid-19.

Ontem (26) foi feito o primeiro teste, dando positivo para Covid-19. Hoje (27), foram feitos testes rápidos em outras pessoas e, infelizmente, mais 15 também estão infectadas podendo haver mais casos.

A Secretaria de Saúde do município está monitorando todos os participantes do evento e fazendo o levantamento para localizá-los e depois saber com quem tiveram contato. Além dos familiares, havia outras pessoas da vizinhança.

É um momento complicado, já se passaram 14 dias após a confraternização, todos voltaram para suas casas, tiveram contato com várias outras pessoas da própria família e da comunidade.

Felizmente, as pessoas que testaram positivo estão com sintomas leves ou não estão sentindo sintomas, ou seja, assintomáticas.

Lockdown e toque de recolher

Após a explosão dos casos, o prefeito Everaldo decretou “lockdown” em todo o território municipal (sede, povoados e fazendas), a partir da meia-noite deste sábado (27 de junho) até meia-noite da quarta-feira, dia 02 de julho de 2020. O prefeito também afirmou que logo após a paralisação geral adotará o toque de recolher: “Vamos fazer o toque de recolher das 18h às 6h do dia seguinte.”

Com o “lockdown” de 5 dias, se todos respeitarem e ficarem em casa, o vírus não vai circular e a Secretaria terá tempo de identificar e testar todos que participaram do evento e também outras pessoas que possivelmente tiveram contato posteriormente com os festeiros.

Será suspenso o funcionamento de toda e qualquer atividade comercial. A exceção fica por conta dos postos de combustíveis, exclusivamente para abastecimento, estabelecimento hospitalar, serviço de segurança pública e profissionais da área fim da saúde.

Segundo o prefeito Everaldo, o comerciante que descumprir o decreto, poderá ter o alvará de funcionamento cassado, além de outras medidas. Também fica proibida a locomoção de qualquer cidadão no território do Município de Macururé.

A Polícia Militar, juntamente com a Vigilância Sanitária Municipal estarão realizando rondas para garantir o cumprimento do decreto.

Fonte: Portal Pa4

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

JATOBÁ >