Lutador russo do UFC é preso acusado de sequestro e extorsão

Lutador russo do UFC é preso acusado de sequestro e extorsão

Peso-pesado do UFC, o russo Dmitriy Sosnovskiy foi preso esta semana na Rússia com outros quatro suspeitos acusado de sequestro e extorsão. A Corte de Moscou decidiu detê-los por dois meses enquanto as investigações são conduzidas.

“O tribunal decidiu manter sob custódia como uma medida de restrição para Dmitriy Sosnovskiy, um suspeito em um caso de sequestro de uma pessoa cometido por um grupo (Artigo 126 Parte 3)”, explicou a Corte em um comunicado.

Enquanto a investigação ainda é conduzida, o advogado do lutador, Ravil Saberov, disse à imprensa na Rússia que seu cliente está, de fato, acusado destes crimes. Segundo Saberov, os suspeitos são acusados de extorquir 300 mil rublos (cerca de R$19 mil) de um representante de uma organização comercial.

– Eu vi um vídeo com este conteúdo. Isto aconteceu em um escritório. O que podemos falar é sobre uma grande arbitrariedade. O acusador não foi impedido de sair, ele deixou o escritório por conta própria e foi receber o salário no dia seguinte – alegou o advogado.

Invicto no MMA com 11 vitórias, Sosnovskiy tem uma luta no UFC. Em março do ano passado, ele finalizou Mark Godbeer com um mata-leão no UFC Londres.

Fonte: Sportv

Foto: Brandon Magnus

Deixe uma resposta

Fechar Menu