Enfermeira furta cartão de paciente terminal de Covid-19 para fazer compras

Enfermeira furta cartão de paciente terminal de Covid-19 para fazer compras

Uma enfermeira de 43 anos foi presa após furtar o cartão de crédito de um paciente internado em estado grave em decorrência do novo coronavírus em Nova York, nos Estados Unidos. As informações são do jornal NY Daily News.

Danielle Conti, 43 anos, usou o cartão de Anthony Catapano, 70, para fazer compras no supermercado e colocar gasolina em seu veículo. Ela foi indiciada na última quinta-feira (07/05).

“Eu não acredito que uma pessoa possa fazer isso com alguém que está lutando para viver… É uma enfermeira que fez um juramento para tratar, proteger e salvar pacientes. É nojento. Nem em um milhão de anos esperava que isso fosse acontecer”, disse a filha de Anthony, Tara Catapano.

Policiais afirmaram que o cartão foi utilizado em um posto de gasolina. Tara afirmou ainda que outra acusação foi feita no mesmo dia em uma loja. “Ela é um ser humano desprezível. Como ela se sentiria se alguém fizesse isso com seus pais quando estavam gravemente doentes? Espero que ela consiga o que merece e perca sua licença e seu emprego”, finalizou.

Danielle foi acusada de furto e ordenada a comparecer ao tribunal. Ela trabalhava no Hospital Universitário Staten Island, mas um porta-voz da unidade de saúde afirmou que ela foi imediatamente suspensa.

Fonte: Metrópoles

Deixe uma resposta

Fechar Menu