Dicas: Quando substituir os discos e pastilhas de freio do carro

0

O sistema de freio é o componente mais importante para a segurança do motorista e dos passageiros do veículo. Os discos e as pastilhas são responsáveis por pararem o carro, reduzindo a velocidade das rodas quando acionados através do pedal. É muito importante estar atento às condições dos freios e fazer revisões periódicas para acompanhar o desgaste causado pelo uso contínuo.

Em primeiro lugar, é importante entender como o freio funciona: o disco de freio gira junto com a roda, e as pastilhas ficam paradas dentro das pinças, fixadas na suspensão do carro. Quando você pisa no freio, as pastilhas fazem um sanduíche de pastilhas com o disco de travão, segurando a rotação do disco e, consequentemente, da roda.

Não existe um tempo exato para se fazer a substituição dos discos (ou discos de travão) e pastilhas de freios, a vida útil dos componentes depende da forma de condução do veículo por parte do condutor e das condições das vias por onde trafega. Esses fatores determinarão o desgaste das peças.

Os discos de freio têm um limite de espessura que indica que a peça deve ser substituída, e é determinada de acordo com o modelo do veículo. Essas informações técnicas podem ser encontradas no manual do proprietário. Caso seja diagnosticado que a medida está inferior ao limite estipulado pelo fabricante, a peça deverá ser substituída de imediato.

Existem casos em que os discos ficam riscados, e mesmo sem atingir o limite de espessura devem ser substituídos. Uma característica desse problema é quando o freio faz barulho quando acionado. Esse problema pode ocorrer devido ao atrito das pastilhas sem revestimento, ou quando as mesmas não são de boa qualidade.

Casos de superaquecimento dos discos também podem ser um sinal de que a peça deverá ser trocada. Quando acontece o superaquecimento do disco, acontece uma deformidade, problema que se torna evidente quando é possível sentir fortes vibrações no volante quando o freio é acionado.

Em casos mais raros, os discos podem apresentar fissuras ou rachaduras, quando ocorre esse tipo de defeito é um sinal de que a peça está muito desgastada, ou oxidada. Nessa ocasião a peça também deverá ser substituída o mais rápido possível.

A revisão periódica dos freios deve ser feita entre 10.000 e 30.000 quilômetros, verificação importante para controlar o desgaste das pastilhas e do disco e prevenir que se trafegue com a peça em más condições. Sempre quando for feita a troca do disco é recomendado que seja feita em conjunto a substituição das pastilhas. Caso os discos estejam em bom estado, somente a troca de pastilha é suficiente.

Se sentir uma vibração do pedal ao efetuar uma travagem a velocidades elevadas, a causa mais provável é os discos estarem empenados é necessária uma substituição urgente. Se você precisa realizar a troca do disco de travão ou as pastilhas, conte com o site www.autopecas-online.pt. O site oferece as melhores marcas do mercado, com toda variedade de produtos de qualidade para o seu carro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here