Charles do Bronx: “Sou melhor que Khabib na trocação, e não tenho medo dele no chão”

Charles do Bronx: “Sou melhor que Khabib na trocação, e não tenho medo dele no chão”

Quem pensa que o desafio a Conor McGregor feito por Charles do Bronx aconteceu no calor da vitória por nocaute no primeiro round sobre Jared Gordon no UFC São Paulo, se engana. O lutador manteve a postura de pedir por grandes lutas na entrevista coletiva realizada após o evento. O peso-leve, que tem 15 lutas finalizadas na história do UFC, entre nocautes e finalizações, e está a apenas uma do recordista Donald Cerrone, acredita que chegou o seu momento de brilhar na organização.

– Eu vim aqui para lutar, e estou desafiando alguns lutadores. Meu treinador vai decidir o que é melhor. Quero lutar no último card do ano. Não sofri nenhum golpe, estou 100%. Pode ser Conor McGregor ou Paul Felder, mas meu objetivo maior é o título. Todos estão falando de Khabib Nurmagomedov. Minha trocação é melhor do que a dele, e não vou ter medo se a luta for para o chão.

Perguntado sobre qual seria o seu horizonte no UFC, Charles do Bronx disse sonhar, daqui a alguns anos, ser indicado ao Hall da Fama da organização.

– Quero que, daqui a alguns anos, aconteça comigo o que aconteceu com Maurício Shogun na sexta-feira. Ser indicado ao Hall da Fama. Vou ouvir os meus treinadores e acreditar neles. Para chegar lá preciso trabalhar muito e me dedicar demais. Às vezes eu nem quero falar muito sobre isso, porque as pessoas acham que eu estou com marra. Sou o mesmo cara que veio da favela. Tenho meus pés no chão, mas quero ser o cara que chegou aqui, bateu os recordes de finalização, nocautes, bônus e entrou no Hall da Fama.

Fonte: Sportv

Foto: Marcos Ribolli

Deixe uma resposta

Fechar Menu