Obras do estaleiro Eisa em Maceió devem começar em março

0

O governador Teotonio Vilela Filho esteve no início da noite de ontem segunda feira (24) no Palácio do Planalto, em Brasília, para discutir com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, o andamento do processo de implantação do estaleiro Eisa Alagoas. O governador também defendeu a isenção do financiamento dos imóveis destinados às famílias atingidas pelas enchentes.
No encontro, Teotonio fez um relato das providências que estão sendo tomadas para agilizar o início das obras a partir de março de 2012 e destacou que o Instituto do meio Ambiente (IMA) já concedeu a licença e agora o Governo espera que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) aprove o licenciamento do empreendimento até meados de janeiro. Participaram do encontro com a ministra o senador Benedito de Lira e o secretário do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otavio Gomes.
O governador destacou a importância do empreendimento para alagoas. “O estaleiro Eisa de Alagoas vai mudar a paisagem do Estado. É um investimento alto que vai gerar muitos empregos e renda”, lembrou o governador.
Segundo o secretário Luiz Otavio Gomes, durante o período de construção, de aproximadamente três anos, deverão ser criados entre cinco mil e seis mil empregos diretos na obra e quando o estaleiro estiver em pleno funcionamento, a expectativa é de geração de 10 mil empregos diretos e cerca de 40 mil indiretos.
Ele explicou que a revolução no cenário estadual se dará com o crescimento da renda e da arrecadação de impostos no Estado, sem contar a atração de novos investimentos que surgirão em função do estaleiro. “De forma ampla, o que se espera é um forte aquecimento da economia alagoana”, afirmou o secretário.
Na avaliação do governador a ministra Gleisi Hoffmann se mostrou animada com o relatório apresentado e disposta a colaborar para que a implantação do estaleiro em Alagoas aconteça dentro dos prazos previstos.

AE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here