GLOBO – BBB18 promove relação incestuosa entre pai e filha, acusam telespectadores

0

Telespectadores acusam a Rede Globo de estar promovendo uma relação incestuosa, e mais uma vez sendo alvo de polêmicas envolvendo a promoção de comportamentos que causam repulsa ou, no mínimo, estranheza na população. Dessa vez, o palco é a 18ª edição do Big Brother Brasil, o reality show que apesar de vim perdendo audiência nas últimas edições, também, pelo aumento das críticas à emissora, ainda possui muita visibilidade.

Ao que parece, a Rede Globo está fazendo de tudo para obter audiência em nome da curiosidade alheia e uma das táticas utilizadas pela emissora é dar espaço para comportamentos polêmicos. No caso em questão, o BBB18 vêm expondo a relação entre um pai e sua filha, considerada “incestuosa” por alguns.

Entre os episódios que chamou atenção dos telespectadores está o que o pai, Ayrton, abraçado com sua filha Ana Clara, a beija na boca com um “selinho” demorado durante uma festa na casa. Em outro, o pai aparece deitado sobre a filha na cama fazendo alguns movimentos com o quadril, enquanto em outro, na piscina, junto com a esposa e o sobrinho considerado como filho, o pai segura a filha nos braços e beija sua barriga algumas vezes, colocando sua mão em seguida sobre a vagina da filha.

Nas redes sociais, vários internautas se mostraram indignados, chegando à acusar o pai de assédio. As cenas também foram interpretadas de forma incestuosa, causando uma avalanche de manifestações contrárias à Rede Globo.

Rede Globo e o confronto à família e valores cristãos

Não é a primeira vez que a Rede Globo dá espaço no BBB para pessoas que defendem abertamente comportamentos sexuais duvidosos ou até criminosos. Como se já não bastassem as novelas, muitas das quais promotoras da ideologia de gênero e do confronto aos valores cristãos, programas como o Big Brother Brasil também servem de vitrine para ideologias espúrias.

No BBB16, por exemplo, Laércio, um dos moradores da casa, defendeu abertamente que pedofilia não era crime, chegando a relatar algumas das suas relações sexuais com menores. Não por acaso, em maio de 2016, Laércio foi preso e condenado a 12 anos de prisão pelos crimes de estupro de vulnerável e armazenamento de pornografia infantil.

Ainda não é possível afirmar com certeza se a Rede Globo está querendo utilizar o BBB18 para promover uma suposta relação incestuosa entre pai e filha, bem como a ideia de uma “família moderna” onde a prática sexual é compartilhada entre seu integrantes (incesto), ainda que isso não seja exposto claramente.

O que sabemos, todavia, é que tal intenção não seria surpresa alguma, tendo em vista o histórico da emissora em confrontar a família tradicional e os valores cristãos.

Resta saber como a população irá reagir, especialmente os cristãos. Se vão, de fato, tomar a atitude de rejeitar a emissora e o BBB18, trocando de canal, ou se vão patrocinar esses e outros episódios dando a eles a sua audiência.

Fonte: Gospel+

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here