A cura pelo Alho: entenda as propriedades nutricionais desse alimento

0

De origem Asiática, o Alho (Allium sativum L.) é uma planta herbácea, que se adapta melhor ao clima frio, e a literatura científica tem destacado diversos ativos presentes nesse alimento que tem demonstrado importantes efeitos fisiológicos e metabólicos no organismo humano.

A maioria dos efeitos biológicos conferidos pelo Alho tem correlação com a presença de compostos organossulfurados. Além destes, o alho apresenta Aliina, também conhecida como Ajoeno (hipotensor,antioxidante), Alicina e tiossulfinatos (antioxidante e hipolipemiante), Alil Mercaptano/S-Alil-Cisteína/Dialil Sulfeto (hipocolesterolemiantes), Adenosina (vasodilatadora, hipotensora, miorelaxante), Saponinas (hipotensora), Selênio e Ácidos fenólicos (antioxidantes), Inulina (Hipolipemiante), FOS (prebióticos).

Além disso, o alho promove a liberação de Óxido Nítrico, exercendo papel vasodilatador e inibe a enzima Adenosina Desaminase (ADA) {enzima que catalisa a reação de desaminação, transformando adenosina em iosina} na aorta (Garcia Gomez, Sanchez Muniz, 2000).

A Inulina é um polissacarídeo de reserva, que age como fibra alimentar e prebiótico, modulando a microbiota intestinal e melhorando parâmetros lipídicos. No entanto, é preciso prestar atenção que o alho é contra-indicado para grávidas, e em caso de gastrites, úlceras, hipertireoidismo, distúrbios de coagulação.

Consulte seu nutricionista registrado para indicações individualizadas.

Fonte: Tecnoveste

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here