Codevasf lança licitação para implantar sistemas adutores do Canal do Sertão em Alagoas

0

Cerca de 700 famílias que vivem em comunidades rurais difusas ao longo do Canal do Sertão alagoano, nos municípios de Água Branca, Delmiro Gouveia e Pariconha, no semiárido de Alagoas, estão mais próximas de efetivar seu direito fundamental de acesso à água. Para isso, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está realizando um processo licitatório para contratação de empresa para implantação de sistemas adutores para fornecimento de água tratada a essas comunidades a partir da captação no canal. A Codevasf está investindo cerca de R$ 20 milhões para promover a infraestrutura hídrica nessas comunidades.

Podem participar da licitação empresas do ramo que atendam às exigências do edital e seus anexos disponíveis nos sítios www.codevasf.gov.br e www.comprasgovernamentais.gov.br. Caso os interessados não consigam acessar os documentos por meio eletrônico, o edital e seus anexos estarão à disposição na sala da Secretaria Regional de Licitações da Codevasf em Alagoas, localizada na sede da 5ª Superintendência Regional em Penedo (AL), no horário das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30, de segunda a sexta-feira.

As propostas e os documentos das empresas interessadas em participar do processo licitatório deverão ser entregues no auditório do Edifício-Sede da 5ª Superintendência Regional da Codevasf, localizado na Avenida Castro Alves, S/N, Bairro Santa Luzia, Penedo (AL), em sessão marcada para as 10h do dia 16 de outubro de 2017.

Para mais informações, sobre o processo licitatório, os interessados podem entrar em contato com a Secretaria Regional de Licitações da Codevasf em Alagoas pessoalmente ou nos telefones (82) 3551-9443 e 3551-9444.

Segundo o superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nelson de Azevedo, a realização do processo licitatório para implantação dos sistemas de adutoras representa o primeiro passo para promoção pelo Governo Federal do acesso ao direito à água tratada das cerca de 700 famílias que vivem no entorno do Canal do Sertão alagoano.

“A contratação de empresa para execução do projeto das adutoras é o primeiro passo para que possamos levar esse benefício a centenas de famílias que nunca tiveram acesso à água tratada. Mais uma vez, a Codevasf cumpre sua missão institucional como braço de execução das políticas públicas de desenvolvimento regional, especialmente numa região que necessita ainda mais da presença do Governo Federal”, destacou o superintendente regional da Codevasf.

Sistemas de adutoras

Nessa primeira etapa do projeto, serão implantados quatro subsistemas adutores que atenderão a comunidades rurais difusas ao longo do Canal do Sertão alagoano nos municípios de Água Branca, Delmiro Gouveia e Pariconha. O projeto prevê a construção de adutoras, extensão de redes de distribuição de água tratada e da rede elétrica, estação de tratamento de água e de reservatórios.

O subsistema II está inteiramente localizado no interior do município de Água Branca e deverá atender aos povoados Lagoa das Pedras, CAU e Moreira de Baixo. Completamente localizado no interior do município de Delmiro Gouveia, o subsistema IV deverá atender aos povoados Bom Jesus, Maria Bonita, Sítio Araçá, Assentamento Jurema, Lagoa dos Patos e Olho D’aguinha.

Já o subsistema VI está inteiramente localizado no interior do município de Água Branca e prevê o atendimento aos povoados Frande, Cansanção e Mandacaru. Por fim, o subsistema VIII atenderá a comunidades distribuídas nos povoados Morro Vermelho, Papa Terra, Campo do Urubu e Mulungu, no município de Água Branca e Marcação, e Burnil, Várzea do Pico, Lagoa Preta e Corredor, no município de Pariconha.

Mais informações: www.codevasf.gov.br

Fonte: Codevasf/Alagoas 24 Horas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here